Qualidade da água bruta e insumos utilizados em ETA do Agreste pernambucano

Camila Silva Guimarães, Ioná Maria Brltrão Rameh Barbosa

Resumo


O reservatório do Jucazinho, localizado na bacia do Capibaribe,éresponsável pelo abastecimento público de aproximadamente 21 cidades no Agreste pernambucano, contabilizando aproximadamente 800 mil habitantes. Esse manancial tem sua água bastante deteriorada em função do aporte de nutrientes, matéria orgânica e outros constituintes advindos do esgoto doméstico de núcleos urbanos e de efluentes industriais que são lançados ao rio Capibaribe sem o adequado tratamento. Devido a isso,cada vez mais, elevam-se os custos de operação das estações de tratamento de água (ETA) com a compra de insumos para tornar a água potável, dentro do que estabelece a legislação. Dentro desse contexto, o artigo objetiva apresentar a variação da qualidade da água do Jucazinho através do IET e IQA, e assim mostrar como o consumo do cloro varia com a dinâmica desses índices.Percebeu-se a importância do monitoramento e da obtenção desses índices para acompanhamento sistemático da qualidade da água bruta dos corpos hídricos. Estudos como esse auxiliam os gestores na tomada de decisão, na escolha das melhores técnicas de tratamento e com menores dispêndios de tempo e capital investido.


Palavras-chave


Recursos Hídricos; Meio ambiente;Qualidade

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M.M.M.; ALEXANDRE, A.M.B.; ARAÚJO, L.F.P; FIGUEIREDO, M.C.B.; ROSA, M.F. (2006). Influência da sazonalidade na qualidade da água dos reservatórios da bacia do Acaraí. In: XVII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, São Paulo, Setembro, 2006.

ALMEIDA, M. Understanding incentives for clustered firms in Brazil to control pollution: The case of Toritama. In: Upgrading Clusters and Small Enterprises in Developing Countries. Brasília: IPEA, 2008. Cap. 6, p.107- 134.

ANA. Atlas Nordeste - Abastecimento Urbano de Água - MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Superintendência de Planejamento de Recursos Hídricos – SPR; Brasília – DF, 2006.

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS (Brasil). Índice de qualidades das águas. Portal da qualidade das águas. Brasil, 2009. Disponível em: Acesso em: 16 de abril 2016.

ANDRADE, P.R.G.S. Operação integrada ótima do sistema hídrico Jucazinho-Carpina, para múltiplos usos – Rio Capibaribe – PE. Universidade Federal da Paraíba (Departamento de Engenharia Civil). Campina Grande- Paraíba, 2000. Dissertação mestrado.

BARBOSA, I. M. B. R. Planejamento da operação de reservatório objetivando a melhoria da qualidade da água: estudo de caso no Agreste Pernambucano. 138p. Universidade Federal de Pernambuco- CTG- Departamento de Engenharia Civil, Recife, 2012. Tese doutorado.

BARBOSA, I. M. B. R.; CIRILO, J. A. Evolução do estado trófico do reservatório Jucazinho, Pernambuco. In: XI Simpósio de Recursos Hidrícos do Nordeste (2012). Anais.. João Pessoa- PB.

BARBOSA, I. M. B. R. Avaliação da qualidade da água do reservatório Jucazinho em função dos investimentos em obras de esgotamento sanitário em Toritama e Santa Cruz do Capibaribe e da abertura da válvula de descarga de fundo do manancial. Projeto de pesquisa cadastrado na Propesq- IFPE, Recife, 2013.

BRASIL. Ministério da Integração Nacional- MIN. Departamento Nacional de Obras Contra as Secas- DNOCS. 3ª Diretoria Regional. Projeto Básico da Barragem Jucazinho: Relatório Preliminar. Recife: Geogrupo, 24p. 1991.

CETESB – COMPANHIA DE TECNOLOGIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL. 2010. Índice do estado trófico. Disponível em:. Acesso em: Outubro/ 2015.

DIAS, M. F. F. Qualidade microbiológica de águas minerais em garrafas individuais comercializadas em Araraquara – SP. 2008. 66p. Universidade Estadual Paulista, Araraquara, SP, 2008. Dissertação mestrado

EMBRAPA. Sistema simplificado para melhoria da qualidade da água consumida nas comunidades rurais do Semiárido do Brasil. São Paulo, Junho, 2006.

ESTEVES, F. A. Fundamentos de Limnologia. 3ª. Ed. Editora Interciência, 2011. Rio de Janeiro- RJ. 826 p.

FIA, R.; MATOS, A. T.; CORADI, P. C.; PEREIRA-RAMIREZ, O. Estado trófico da água na bacia hidrográfica da Lagoa Mirim, RS, Brasil. Revista Ambiente e Água, v. 4, n.1, p. 132 - 141, 2009.

FREITAS, F. R. S.; RIGHETTO, A. M.; ATTAYDE, J. L. Cargas de fósforo total e material em suspensão em um reservatório do semiárido brasileiro. Oceologia Australis, v. 15, n. 3, p. 655- 665, 2011.

GARJULLI, R. Os Recursos Hídricos no Semiárido - Ciência e Cultura, Gestão das águas/ artigos - Cienc. Cult. vol.55 no.4 São Paulo Oct./Dec. 2003.

MELO JÚNIOR, G.; COSTA, C. E. F. S.; CABRAL NETO, I. Avaliação hidroquímica e da qualidade das águas de um trecho do rio Açu, Rio Grande do Norte. Revista de Geologia, v. 16, n. 02, p. 27-36, 2003.

LIBÂNIO, M. Fundamentos de qualidade e tratamento de água. 3º Edição. Campinas- SP. Editora Átomo, 2010. 494p.

LIMA, E. B. N. R. Modelagem Integrada para Gestão da Qualidade da água na bacia do Rio Cuiabá. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2001. Tese doutorado

OLIVEIRA-FILHO, P. C.; DUTRA, A. M.; CERUTI, F.C. Qualidade das águas superficiais e o uso da terra: estudo de caso pontual em bacia hidrográfica do oeste do Paraná. Revista Floresta e Ambiente, Seropédica, v.19, v.1, jan./mar. 2012

PERNAMBUCO. Agência de Regulação de Pernambuco- ARPE. Relatório da Audiência Pública n° 01/2014. Recife, 4 de fevereiro de 2014.

PERNAMBUCO. Secretaria de Recursos Hídricos – SRH. Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA. Projeto de Sustentabilidade Hídrica – PSHPE (Manual de Operações do Projeto – volume I). [ca. 2012]

PERNAMBUCO. Secretaria de Recursos Hídricos e Energéticos – SRHE. Projetec BRLi. Plano Hidroambiental da Bacia Hidrográfica do Rio do Capibaribe. TOMO I (vol 1, 2 e 3) e TOMO IV. Recife, 2010.

PORTELLA, F. H.; ALBUQUERQUE, N. L. Reservatório de Jucazinho (Pernambuco-Brasil), pertencente à bacia do rio Capibaribe. In: XVIII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. Anais... Campo Grande- MS, 26 de Novembro de 2009.

RUAS, A. L. Avaliação das alterações da qualidade de águas tropicais decorrentes da instalação de barramentos para fins de geração de energia elétrica – estudo de caso do rio Pomba. 280p. Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2006. Dissertação mestrado

SANTOS, E. O.; BRAYNER, F. M. M.; FLORÊNCIO, L. Estudos das características dos efluentes gerados em lavandeias/tinturarias de jeans na cidade de Toritama- Pernambuco. In: XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, 2003, Joinville/SC. Anais... Setembro. 2003.

SANTOS, E. O. Caracterização, biodegradabilidade e tratabilidade do efluente de uma lavanderia industrial. 136p. Universidade Federal de Pernambuco- CTG- Departamento de Engenharia Civil, Recife, 2006. Dissertação mestrado.

SANTOS, G. R. Estudo de Clarificação de Água de Abastecimento Público e Otimização da Estação de Tratamento de Água. 101p. Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, Escola de Química, Rio de Janeiro, 2011. Dissertação mestrado.

SILVA, J. A. Gestão de recursos hídricos e sistemas de informações geográficas: contribuições para a organização sócio-espacial do Pontal do Paranapanema-SP. Presidente Prudente: Unesp, 2006. Tese de Doutorado.

SILVA, A. L. P.; ANGELIS, C. F.; MACHADO, L. A. T. et al. Influência da precipitação na qualidade da água do Rio Purus. Revista Acta Amazonica, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia INPA.Volume 38 , pág. 735-742, 2008.

SOUZA, S. N. Aplicação da Técnica de Análise Multivariada para Avaliação de Redes de Monitoramento de Qualidade da Água. Recife Universidade Federal de Pernambuco – Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil -PPGEC, 140 p. Tese doutorado

TUNDISI, J.G. ; TUNDISI, T.M. (2008). Limnologia. Oficina de Textos, São Paulo, 631p.

VIDAL, T. F.; NETO, J. C. (2014). Dinâmica de nitrogênio e fósforo em reservatório na região semiárida utilizando balanço de massa. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 18 (4), 402-407.

VON SPERLING, M. Introdução à qualidade das águas e ao tratamento de esgotos. 2.ED-Belo Horizonte: Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental;Universidade Federal de Minas Gerais; 1996, p:243.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


-------------------------------------------------------------------------------

Revista de Ciência, Tecnologia e Humanidades do IFPE (CIENTEC)
revistas.ifpe.edu.br
e-ISSN 1984-9710
ISSN 1984-7300

 

Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco
Av. Prof Luiz Freire, 500 Cidade Universitária - Recife/PE - CEP: 50740-540
http://reitoria.ifpe.edu.br/

 

Fone: +55 81 21251691
cientec@reitoria.ifpe.edu.br